Mastopexia e Mamoplastia Redutora

Pacientes com mamas grandes ou caídas (utilizamos o termo Ptose para descrever estes casos) podem necessitar deste tipo de cirurgia. Neste grupo podemos destacar as mamas de pacientes com perdas de peso importantes e após amamentação. Nesta cirurgia dispomos de múltiplas técnicas e formas de alcançar o resultado mais harmônico possível. Podemos apenas retirar tecido glandular em excesso (que normalmente se acumula na parte inferior da mama) e a pele, utilizar um retalho de tecido mamário para alcançar maior projeção da mama reduzida ou utilizar implantes de silicone, que podem ser inseridos por trás da glândula ou por trás do músculo peitoral maior. Na grande maioria dos casos, para conseguirmos um resultado adequado do ponto de vista de volume, projeção e contorno é necessário um conjunto de incisões que resultam em uma cicatriz em “T invertido”.

Cuidados pré-operatórios: No pré-operatório o cirurgião faz a avaliação clínica das mamas da paciente levando em conta suas expectativas e aliando estas ao melhor resultado tecnicamente possível. Pode ser necessário a avaliação do tecido da mama através de Ultrassonografia ou mamografia para descartar qualquer alteração do tecido que possa comprometer o resultado cirúrgico. Fumantes devem suspender o cigarro por, pelo menos, 3 meses antes da cirurgia, pois as substâncias contidas no cigarro são extremamente danosas a circulação dos pequenos vasos, aumentando muito o índice de complicação.

Anestesia: A mamoplastia redutora pode ser feita, basicamente através de anestesia local associada a sedação com medicamentos, anestesia peridural acima do nível da cirurgia ou anestesia geral. Lembrando que a anestesia é um procedimento médico complexo, estando o tipo de anestesia condicionado a decisão do médico anestesiologista em acordo com o cirurgião após avaliação do paciente.

Cuidados pós operatórios: O tempo de internação previsto é de 12 a 24 horas. A realização de atividade física extenuante deve ser evitada por 30 dias para os membros inferiores e 45 dias para os membros superiores, Atividades cotidianas como dirigir devem ser evitadas por 30 dias, porém, com cuidado, podem ser realizadas a partir de 20 dias. Elevação dos membros superiores acima de 90 graus também devem ser evitadas por 30 dias. O uso de sutiã modelador deve ser utilizado por 30 dias.

Cirurgias & Procedimentos

Cirurgias Reparadoras
Procedimentos não invasivos

Contato