Lipoaspiração

A retirada de gordura através de mínimas incisões e aspiração com cânulas é um doa procedimentos estéticos invasivos mais realizados no mundo. Este procedimento está indicado para melhora do contorno corporal em pacientes com pouca gordura. As regiões em que a lipoaspiração tem sua maior indicação são:

  • Abdome
  • Flancos
  • Região dorsal
  • Região posterior dos braços
  • Face interna das coxas
  • Papada

O procedimento também é realizado quando vamos lançar mão de enxertos de gordura em regiões específicas com fins estéticos (aumento de glúteos, preenchimento de sulcos e malar) ou reconstrutivos (correção de grandes assimetrias, como na síndrome de Romberg ou cicatrizes e melhora de deformidades ou dermatites causadas por radioterapia).

O limite de retirada de gordura nesse procedimento é em torno de 10% do peso corporal do paciente, o que faz deste procedimento o ideal não para perda de peso, mas para definição do contorno corporal.

Avaliação pré-operatória: Neste momento o cirurgião avalia a paciente fazendo medidas, análise do IMC (índice de massa corporal) e gordura extra/intra-abdominal e avaliando a qualidade e elasticidade da pele para melhor previsão de resultados, levando em conta suas expectativas e aliando estas ao melhor resultado tecnicamente possível. É necessária a avaliação do abdome através de Ultrassonografia de parede abdominal ou Tomografia Computadorizada de abdome afim de descartar a presença de hérnias de parede abdominal não perceptíveis ao exame físico.

Anestesia: A lipoaspiração pode ser feita, basicamente através de raquianestesia ou anestesia peridural associadas a sedação com medicamentos ou anestesia geral. Lembrando que a anestesia é um procedimento médico complexo, estando o tipo de anestesia condicionado a decisão do médico anestesiologista em acordo com o cirurgião após avaliação do paciente.

Cuidados pós operatórios: O tempo de internação previsto é de 24 horas. Após a alta a paciente deve evitar esforço físico extenuante por 3 a 4 semanas. É necessária a realização de drenagem linfática por 4 a 6 semanas e uso de cintas modeladoras por 30 dias.

Cirurgias & Procedimentos

Cirurgias Reparadoras
Procedimentos não invasivos

Contato